Nutrição para corredores de meio fundo

Skipping: Exercício para melhorar sua corrida #1

Skipping: Exercício para melhorar sua corrida

Correr é fácil, mas não é simples. A atividade é uma sucessão de saltos que gera uma sobrecarga de três vezes o peso do corpo em sua execução. O movimento de corrida se caracteriza por ser multiarticular, com uma variação de movimentos complexos, organizado no sistema nervoso central e distribuído para o periférico. Ou seja, é complexo correr!

Por conta disso, trago um conteúdo que irá ajudar você a melhorar a técnica de corrida, melhorando a performance, eficiência e a segurança da sua corrida. Então iniciamos hoje uma série que falará sobre exercícios educativos, que são importantes para que você crie consciência corporal e possa melhorar seu rendimento na corrida e também em outros esportes.

Skipping

Nossa primeira abordagem será o Skipping. Exercício de técnica de corrida, com origem em 1969,  criada pelo norte-americano Richard Cendali. O educativo, em primeiro momento, foi criado para sanar a monotonia de um treinamento de futebol americano. Entretanto rapidamente o skipping ganhou notoriedade no cenário mundial, sendo  utilizado por quase todos os  atletas que buscam uma otimização em sua corrida.

Quem pode realizar?

O educativo é muito indicado para quem busca a coordenação entre membros inferiores e superiores. Ele, além de ser um exercício coordenativo, pode melhorar consideravelmente sua capacidade  de força e auxiliar no aumento de sua amplitude de passada.

Para quem almeja uma passada mais assertiva, com uma posição correta entre tronco e pisada,  é uma solução muito eficaz a sua execução, pois o movimento do skipping induz uma passada centrada em um ângulo articular positivo, aumentando a transferência de força entre passadas.

Quando realizar?

O skipping pode ser realizado para diferentes finalidades em diferentes momentos de sua preparação. Alguns momentos indicados para sua execução são:

  • Período de base: Esse educativo é muito utilizado no período de base para ganho de força e resistência muscular. Exemplo de execução; realizar o educativo com elásticos ou em subidas para gerar sobrecarga.
  • Período específico: A execução no período específico tem como finalidade corrigir a biomecânica de corrida. Geralmente é usado em blocos de treinos, onde o foco é a correção da técnica. Esses blocos de treino têm como característica uma transferência ao final de cada bloco de execução.
  • Antes de provas: Geralmente utilizado para realização de aquecimento. Serve para maior recrutamento de fibras, aumentando a performance para a prova.

Vídeo Skipping

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *