Planilhas de corrida

Estou com sobrepeso: 4 dicas para iniciar na corrida

Estou com sobrepeso: 4 dicas para iniciar na corrida

Correr é fácil, mas não é simples. Costumo trazer esse bordão quando apresento as complexidades da corrida. A corrida, sem sombras de dúvida, é o esporte mais democrático de todos, sem custos altos e a liberdade de ser realizada em qualquer lugar faz com que ela se torne a porta de entrada no mundo dos esportes para muitas pessoas que desejam perder peso.  Um estudo realizado pela Universidade de Copenhague, na Dinamarca, e publicado pelo The Journal of Sports Medicine, indica que aliar corridas diárias de pelo menos 45 minutos a dietas saudáveis pode diminuir mais de 4 kg por mês.

Mas será que a corrida é a melhor saída para quem está com sobrepeso?

A resposta é muito simples: Sim, a corrida é um excelente início para pessoas que querem perder peso. 

Planilha de corrida

Possivelmente você já deve ter ouvido de alguém que existem esportes que não são adequados para um determinado público. Isso é “balela”, de maneira geral, pessoas buscam culpar a atividade física pelo seu fracasso. Maior partes das lesões no esporte é causado pela sobrecarga, ou seja, pelo excesso e a não progressividade ao realizá-la.

Para evitar lesões ortopédicas, sustos cardíacos e não migrar das pistas para as salas de fisioterapia, é importante que as pessoas acima do peso comecem de forma progressiva a atividade, sempre com as orientações necessárias de um nutricionista e um educador físico. Um treino ou alimentação inadequado é capaz de machucar mais do que o excesso de gordura.

4 dicas para você iniciar na corrida:

1- Comece Fortalecendo

Antes de acumular quilômetros é necessário fortalecer seu corpo. Lembre que o treinamento é como se fosse uma construção, para você ter um edifício alto, você precisa caprichar na estrutura de base, ela será um fator importante para o resultado final. O corpo precisa estar preparado para a atividade. Aposte em exercícios para fortalecimento dos músculos das pernas e da região do CORE (músculos profundos da região abdominal, lombar e pélvica, responsáveis pela sustentação do tronco e a postura). O fortalecimento muscular deve estar presente para qualquer tipo de esporte, principalmente na corrida, que tem movimentos repetitivos.

2- Tenha cuidado com o excesso

Como relatado acima, um dos principais fatores de incumbência de lesões nos corredores é a sobrecarga. O equilíbrio no treinamento é algo indispensável para a obtenção de resultados expressivos Além de um bom fortalecimento a distribuição correta do treinamento é indispensável, pois será ela que fará você ter uma constâncias nos resultados.

3- Tenha cuidado com o impacto

A corrida, como já relatado em posts anteriores, é uma sucessão de saltos horizontais, a cada passada realizada é gerada uma sobrecarga de 3 vezes o peso corporal, ou seja, uma pessoa que está com 90kg estará carregando aproximadamente 270kg a cada passada. Por conta disso é indicado a realização de treinamentos em ambientes que possibilitem um maior amortecimento (grama, areia e esteira), esses ambientes ajudarão quem está acima do peso, diminuindo as chances de lesões ortopédicas.

4- Busque uma equipe orientadora

Uma equipe multidisciplinar poderá te poupar algumas centenas de reais. Ter uma orientação correta trará velocidade no processo de adaptação e maior segurança para a jornada na corrida. Hoje existem diversas opções para encontrar profissionais que possam auxiliar neste processo, inclusive de maneira digital. A X-training Brasil é uma opção bacana para quem busca iniciar. Além de oferecer planilhas de treinamentos inteligentes e personalizadas você poderá contratar um coach de treinamento exclusivo para você.

Por, Marcelo Scolari

Planilhas de treinamento de corrida

Melhore seus resultados com nosso programa de coach

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *